Doutor Bumbum promoveu Bolsonaro, votou em Aécio, pregou derrubada de Dilma e pediu prisão de Lula

"Petistas, como Maria do Rosário, são os alvos preferenciais do Doutor Bumbum, que em dezembro de 2014 espalhou um vídeo sobre o duvidoso “triplex do Lula”. Em junho de 2016, ele queria o ex-presidente 'na cadeia'", relata Mário Magalhães, no Intercept; o médico promove carpideiras, como o deputado Jair Bolsonaro, diz

Doutor Bumbum promoveu Bolsonaro, votou em Aécio, pregou derrubada de Dilma e pediu prisão de Lula
Doutor Bumbum promoveu Bolsonaro, votou em Aécio, pregou derrubada de Dilma e pediu prisão de Lula

Por Mário Magalhães, no The Intercept - Petistas, como Maria do Rosário, são os alvos preferenciais do Doutor Bumbum, que em dezembro de 2014 espalhou um vídeo sobre o duvidoso “triplex do Lula”. Em junho de 2016, ele queria o ex-presidente “na cadeia”. Em agosto de 2015, republicara montagem mostrando Dilma Rousseff atrás das grades. Um mês depois, clamou por “impeachment já”.

O médico promove carpideiras, como o deputado Jair Bolsonaro. Em dezembro de 2014, postou vídeo com discurso do antigo capitão do Exército amaldiçoando os direitos humanos. O hoje candidato à Presidência dirigiu-se à deputada Maria do Rosário: “Eu falei que não iria estuprar você porque você não merece”. Furtado difundiu um queixume: “Militância: PT, LGBT, além de acusar Bolsonaro de assassino, o agridem fisicamente e verbalmente. E eles dizem que a direita é quem estimula a violência”.

Leia a íntegra

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247