Em áudios vazados, garimpeiros contam que cobraram de Onyx e Salles punição a fiscais do Ibama e do ICMBio

Reunidos fora da agenda com os ministros Onyx Lorenzoni e Ricardo Salles, garimpeiros do Pará cobraram punições a fiscais do Ibama e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) que, seguindo a legislação, destruíram máquinas usadas para praticar crimes ambientais durante fiscalização realizada entre o final de agosto e o início de setembro.

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Reunidos fora da agenda com os ministros Onyx Lorenzoni e Ricardo Salles, garimpeiros do Pará cobraram punições a fiscais do Ibama e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) que, seguindo a legislação, destruíram máquinas usadas para praticar crimes ambientais durante fiscalização realizada entre o final de agosto e o início de setembro.

Nas agendas oficiais de Lorenzoni e Salles o encontro com garimpeiros não aparecia. Na programação de Salles a conversa não existiu, enquanto na de Lorenzoni havia um compromisso sobre o Pará com representantes do governo e o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), segundo Rubens Valente, da Folha. Pelas redes sociais circulou um áudio em que os representantes do garimpo relatam que pressionaram os ministros para punir agentes ambientais, que afirmaram que pretendem tomar ações junto a Polícia Federal.

Leia a íntegra da matéria no Portal Forum 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email