Em carta, servidores do Ibama demonstram "imensa preocupação" com rumos da política ambiental

Servidores do Ibama encaminharam uma carta ao presidente do órgão, Eduardo Fortunato, onde destacam uma "imensa preocupação" com a política ambiental por parte do governo Jair Bolsonaro. "Sem uma atitude firme contra os crimes ambientais, os índices de destruição da Floresta Amazônia não diminuirão", diz um trecho da carta. O documento foi encaminhado em meio à crise internacional decorrente dos incêndios florestais na Amazônia

(Foto: Ibama)

247 - Os servidores do Ibama encaminharam uma carta ao presidente do órgão, Eduardo Fortunato, onde destacam uma "imensa preocupação" com a política ambiental por parte do governo Jair Bolsonaro. "Sem uma atitude firme contra os crimes ambientais, os índices de destruição da Floresta Amazônia não diminuirão", diz um trecho da carta. O documento foi encaminhado em meio à crise internacional decorrente dos incêndios florestais na Amazônia.  

Segundo o blog do jornalista Guilherme Amado, a carta foi assinada por cerca de 500 seevidores que cobram um "comprometimento imediato do governo com a valorização do Ibama e ICMBio. Ainda segundo ele, este compromisso deve ir além de "arrefecer a crise política atual".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247