Em depoimento à PF, Lula nega ter incentivado ocupação de triplex

A ocupação no condomínio ocorreu em 16 de abril do ano passado quando cerca de 50 integrantes do MTST e da Frente Povo Sem Medo entraram no imóvel; eles permaneceram no apartamento por quatro horas; segundo o advogado Manoel Caetano, que integra a defesa de Lula, o ex-presidente fez uso de uma "força de expressão" ao afirmar, em um discurso, que o líder do MTST, Guilherme Boulos, poderia ocupar o apartamento cuja posse foi atribuída a ele pela Justiça e que resultou em sua primeira condenação

Em depoimento à PF, Lula nega ter incentivado ocupação de triplex
Em depoimento à PF, Lula nega ter incentivado ocupação de triplex

247 - Em depoimento à Polícia Federal nesta terça-feira 26, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é mantido preso em Curitiba por razões políticas, negou ter incentivado a ocupação do triplex no Guarujá por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem teto (MTST) em abril do ano passado.

A ocupação no condomínio ocorreu em 16 de abril do ano passado quando cerca de 50 integrantes do MTST e da Frente Povo Sem Medo entraram no imóvel. Eles permaneceram no apartamento por quatro horas. Para Manoel Caetano, que integra a defesa de Lula, o ex-presidente fez uso de uma "força de expressão" ao afirmar, em um discurso, que o líder do MTST, Guilherme Boulos, poderia ocupar o apartamento cuja posse foi atribuída a ele pela Justiça e que resultou em sua primeira condenação.

"Ele [ex-presidente Lula] disse que foi uma força de expressão. [Que falou] num momento em que ele estava indignado pela condenação pelo Tribunal Regional Federal", ressaltou o advogado. O discurso foi feito por Lula durante um evento em São Bernardo do Campo. No depoimento à delegada Luciana Fuschini, que durou cerca de 10 minutos, Lula disse que não havia conversado com os integrantes do MST após o episódio e que também não incentivou a ocupação do imóvel.

"Lula disse que não incitou jamais até porque quando a ocupação ocorreu ele já estava preso", relembrou o advogado. A ocupação do triplex aconteceu nove dias após Lula ser preso.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247