Em live, Bolsonaro ignora possível demissão de Moro e fala em "pente-fino" no auxílio

“Vai ser uma live bastante rápida e o assunto do momento [é]: o auxílio emergencial”, disse Bolsonaro em sua live semanal

(Foto: reproduçãor)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em sua live semanal no Facebook, Jair Bolsonaro ignorou a possível saída do ministro da Justiça e Segurança, Sergio Moro, e preferiu falar sobre o "pente-fino" que o governo fará no auxílio-emergencial.

“Vai ser uma live bastante rápida e o assunto do momento [é]: o auxílio emergencial”, disse ele logo no início da transmissão nesta quinta-feira (23).

Ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, Bolsonaro afirmou que o governo deve levar mais 10 dias para processar todos os cadastros para recebimento do auxílio emergencial.

“Esse pente fino que está sendo feito, mais uns 10 dias deve chegar a um ponto final. Antes de completar os 30 dias do recebimento da primeira parcela vai começar a pagar a segunda”, prometeu.

Segundo Bolsonaro, mais de 33 milhões de pessoas já receberam o auxílio emergencial e 45 milhões fizeram cadastro, número maior do que o que o governo esperava inicialmente.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247