Em meio à pressão internacional pela Amazônia, Araújo suspende férias de embaixadores na Europa

Crise internacional decorrente dos incêndios que devastam a Amazônia levou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, a realizar uma reunião de emergência na qual determinou a suspensão de férias de embaixadores do Brasil na Europa pelos próximos 15 dias. Objetivo da reunião foi coordenar uma reação diplomática às pressões internacionais devido às queimadas na região e tentar evitar sanções comerciais ao Brasil

Brasilia - Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.
Brasilia - Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. (Foto: Ernesto Araujo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A crise internacional decorrente dos incêndios que devastam a Amazônia levou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, a realizar uma reunião de emergência por videoconferência na qual determinou a suspensão de férias de embaixadores do Brasil na Europa pelos próximos 15 dias. Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a reunião, realizada neste domingo (25), foi para repassar orientações e coordenar uma reação diplomática às pressões internacionais devido às queimadas na região. 

O objetivo maior agora é evitar que a comunidade internacional adote sanções econômicas contra o Brasil., uma vez que os danos à imagem do país já são considerados uma realidade. A intensificação do uso das redes sociais para fazer frente às acusações de descaso ambiental por parte do governo Jair Bolsonaro estão na linha de frente das orientações repassadas pelo chanceler. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email