Em meio à pressão internacional pela Amazônia, Araújo suspende férias de embaixadores na Europa

Crise internacional decorrente dos incêndios que devastam a Amazônia levou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, a realizar uma reunião de emergência na qual determinou a suspensão de férias de embaixadores do Brasil na Europa pelos próximos 15 dias. Objetivo da reunião foi coordenar uma reação diplomática às pressões internacionais devido às queimadas na região e tentar evitar sanções comerciais ao Brasil

Brasilia - Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.
Brasilia - Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. (Foto: Ernesto Araujo)

247 - A crise internacional decorrente dos incêndios que devastam a Amazônia levou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, a realizar uma reunião de emergência por videoconferência na qual determinou a suspensão de férias de embaixadores do Brasil na Europa pelos próximos 15 dias. Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a reunião, realizada neste domingo (25), foi para repassar orientações e coordenar uma reação diplomática às pressões internacionais devido às queimadas na região. 

O objetivo maior agora é evitar que a comunidade internacional adote sanções econômicas contra o Brasil., uma vez que os danos à imagem do país já são considerados uma realidade. A intensificação do uso das redes sociais para fazer frente às acusações de descaso ambiental por parte do governo Jair Bolsonaro estão na linha de frente das orientações repassadas pelo chanceler. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247