Em meio ao desmonte ambiental, governo proíbe roupas decotadas, miniblusas e moletom no ICMBio

Portaria assinada pelo presidente do ICMBio, Homero Cerqueira, proíbe o uso de “calças jeans rasgadas, shorts, bermudas, roupas com transparências, miniblusas, microssaias, roupas decotadas, trajes de ginástica, calças de moletom e chinelos” por servidores do órgão.

Entrevista do  presidente do ICMBio, Homero George Cerqueira
Entrevista do presidente do ICMBio, Homero George Cerqueira (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma portaria assinada pelo presidente do Instituto Chico Mendes (ICMBio), Homero Cerqueira, proíbe o uso de “calças jeans rasgadas, shorts, bermudas, roupas com transparências, miniblusas, microssaias, roupas decotadas, trajes de ginástica, calças de moletom e chinelos” por servidores do órgão.

As regras, contidas na portaria 834, publicada nesta segunda-feira (30) também se aplicam a prestadores de serviço, consultores, bolsistas e estagiários que não quiserem utilizar os uniformes do órgão. O ICMBio é vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, pasta comandada por Ricardo Salles. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247