Em nova crítica, Aras diz que Lava Jato não pode se perder em ‘vaidades pessoais’

Indicado por Jair Bolsonaro para assumir a Procuradoria-Geral da Repúbica, Augusto Aras esteve na terça-feira (10) no Senado, onde se submeteu a uma espécie de prévia da sabatina. Disse que a operação não pode se perder em “vaidades pessoais” de seus membros

Augusto Aras
Augusto Aras (Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE)

247 - Indicado por Jair Bolsonaro para assumir a Procuradoria-Geral da Repúbica, Augusto Aras esteve na terça-feira (10) no Senado, onde se submeteu a uma espécie de prévia da sabatina.   

Ele respondeu a perguntas de cerca de 18 senadores, de várias siglas. Exaltou resultados da Lava Jato, mas disse que a operação não pode se perder em “vaidades pessoais” de seus membros, segundo a coluna Painel da Folha de S.Paulo.   

A reunião se realizou no gabinete da presidência do Senado.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247