Empresa de mulher de assessor de Bolsonaro é contratada pelo filho com verba da Câmara

Nota fiscal emitida pela Câmara dos Deputados em 11 de fevereiro deste mês mostra que Eduardo Bolsonaro pagou R$ 960 à Locar1000, locadora de veículos, pelo aluguel de um carro na semana anterior com verba da Câmara dos Deputados

Empresa de mulher de assessor de Bolsonaro é contratada pelo filho com verba da Câmara
Empresa de mulher de assessor de Bolsonaro é contratada pelo filho com verba da Câmara (Foto: Will Shutter/Câmara dos Deputados)

247 - Após o escândalo do Bolsogato, envolvendo o ex-assessor Fabrício Queiroz em movimentações financeira suspeitas, o clã Bolsonaro volta a ser notícia com esquemas suspeitos envolvendo assessor. Nota fiscal emitida pela Câmara dos Deputados em 11 de fevereiro mostra que Eduardo Bolsonaro pagou R$ 960 à Locar1000, locadora de veículos, pelo aluguel de um carro na semana anterior.

A empresa é da mulher de um assessor de seu pai, Ghislaine Maria de Oliveira, casada com Joel Novaes da Fonseca, assessor do gabinete pessoal da Presidência da República desde 18 de janeiro. Antes, Joel trabalhou nos gabinetes de Jair Bolsonaro, em 2016 e 2018, e Eduardo Bolsonaro, em 2015 e 2017, na Câmara.

A informação é da revista Época. Segundo a reportagem, no endereço da empresa registrado na nota fiscal, não encontrou a sede da companhia e funcionários do prédio dizem desconhecer a Locar1000.

Ghislaine, por sua vez, respondeu à reportagem e disse que não se sentiu "nem um pouco constrangida" pelo aluguel, mas afirma que ele não se repetirá.

Já Eduardo Bolsonaro afirmou que a Locar1000 foi "a única que atendeu o gabinete na necessidade que foi exigida, com preço compatível com o mercado".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247