Esmael Morais: por 6 votos a 5, STF deverá barrar prisão de Lula

Segundo o blogueiro Esmael Morais, o mundo jurídico aposta que por 6 a 5, o pleno do Supremo Tribunal Federal deverá rever a prisão após condenação em segunda instância, beneficiando o ex-presidente Lula; palpite é de que votarão pela concessão do habeas corpus para Lula os seguintes ministros: Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Dias Toffoli; "A vitória de Lula no STF dará segurança jurídica ao país, haja vista que prevalecerá a presunção da inocência para todos prevista na Constituição Federal", diz Morais

Bras�lia - O novo ministro da Casa Civil, Luiz In�cio Lula da Silva, durante cerim�nia de posse (Jos� Cruz/Ag�ncia Brasil)
Bras�lia - O novo ministro da Casa Civil, Luiz In�cio Lula da Silva, durante cerim�nia de posse (Jos� Cruz/Ag�ncia Brasil) (Foto: Aquiles Lins)

Por Esmael Morais, em seu blog - O pleno do STF irá se reunir para rever a execução de pena para condenados em segunda instância após o carnaval, na semana que vem. O julgamento do habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Lula, contra a prisão imediata, terá efeito “erga omnes“, qual seja, valerá para todos. O mundo jurídico aposta no placar de 6 votos a favor do petista, cinco contra.

O palpite é de que votarão pela concessão do habeas corpus para Lula os seguintes ministros: Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Dias Toffoli.

Pela prisão imediata do ex-presidente Lula tendem a se manifestar Cármen Lúcia, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Alexandre de Moraes.

A vitória de Lula no STF dará segurança jurídica ao país, haja vista que prevalecerá a presunção da inocência para todos prevista na Constituição Federal.

Serão derrotados os fundamentalistas da velha mídia, do judiciário partidarizado e do sistema financeiro.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247