Flávio Dino diz que descartar Lula é "insanidade" e não há frente ampla sem PT

Governador do Maranhão, do PCdoB, disse que há "exagero" na avaliação sobre o desempenho do PT nas eleições municipais, e defendeu o ex-presidente Lula. "É claro que você não pode achar que vai construir uma aliança vitoriosa em 2022 sem o PT", afirmou

Governador Flávio Dino (PCdoB-MA)
Governador Flávio Dino (PCdoB-MA) (Foto: SECAP - Secretaria de Estado de Comunicação Social e Assuntos Políticos do Maranhão)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governador Flávio Dino (PCdoB) afirmou nesta quarta-feira (2) que o resultado eleitoral do PT não justifica decretar o fim da influência do partido na coalização de forças da esquerda para as eleições de 2022. 

Em entrevista à revista Carta Capital, Dino disse que há um exagero nas avaliações sobre o resultado do partido. "O PT, de fato, colheu um resultado modesto na eleição, não venceu em nenhuma capital. Mas está muito longe de se caracterizar como terra arrasada. Vamos combinar que o PT continua a ser o partido mais nacional. Olhando nacionalmente, o PT continua a ser a coluna vertebral do campo progressista”, afirmou.

Flávio Dino disse também que não há possibilidade de se construir uma  frente ampla no campo progressista sem a presença do PT. “É claro que você não pode achar que vai construir uma aliança vitoriosa em 2022 sem o PT. Isso é um erro gigantesco. Ou contra o PT, o que é pior ainda. Você precisa ter o PT junto, pela importância que ele tem como partido mais nacional, partido com maior aprovação popular e por ter o maior líder político do nosso campo: o presidente Lula“, afirmou.

"Ninguém cometeria, em outro país, a insanidade de descartar um líder da importância do Lula”, acrescentou Dino. 

Assista à entrevista de Flávio Dino:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247