Gilmar diz ser vítima de perseguição e que Lava Jato e instituições estão contaminadas

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes que juntamente com sua mulher, a advogada Guiomar Feitosa, virou alvo de uma investigação aberta pela Receita Federal, disse ser vítima de perseguição e ataques desde que chegou ao STF, há 17 anos, e que as instituições e a Lava jato estão contaminadas; "Isso aqui é a Gestapo com a KGB, mas feito pelas Organizações Tabajara!", afirmou

Gilmar diz ser vítima de perseguição e que Lava Jato e instituições estão contaminadas
Gilmar diz ser vítima de perseguição e que Lava Jato e instituições estão contaminadas (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes que juntamente com sua mulher, a advogada Guiomar Feitosa, virou alvo de uma investigação aberta pela Receita Federal, disse ser vítima de perseguição e ataques desde que chegou ao STF, há 17 anos, e que as instituições e a Lava jato estão contaminadas.

As afirmações feitas por Gilmar são a reportagem de capa da revista época que chega às bancas neste final de semana. Na reportagem, o ministro diz que “agora estamos vendo a desinstitucionalização da Receita”, e criticou o que considera a disseminação de milícias nas instituições públicas, incluindo a Receita Federal.

“Coisa como isso aqui, para começar a venda de informações, para virar uma milícia, é um passo. Tenho certeza de que já há muitos empresários sendo achacados por fiscais que tocam investigações, que não se sabe por que nem para quê”. disse Gilmar sobre a investigação de que é alvo aberta pela Receita.

Segundo ele, o ex-secretário Everardo Maciel chegou a criar um mecanismo par tentar barrar possíveis achaques e casos de corrupção envolvendo fiscais da Receita. “Quando um fiscal ia a uma empresa, a central sabia, tinha de avisar o superior ou o grupo. Hoje, quem está fiscalizando isso? Eles estão acoplados a essas forças-tarefas. E aí a questão é grave”, disparou.  “Isso aqui é a Gestapo com a KGB, mas feito pelas Organizações Tabajara!”, ressaltou ainda.

Leia a íntegra da reportagem na revista Época.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247