Gilmar usa Vaza Jato para se pautar em ações contra servidores da Receita

Ministro do STF Gilmar Mendes tem se pautado por diálogos da Vaza Jato, revelados pelo The Intercept Brasil, para preparar os processos contra os servidores da Receita que acessaram suas contas e as de sua esposa

Gilmar Mendes
Gilmar Mendes (Foto: Nelson Jr./SCO/STF)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Depois da prisão de 14 auditores e analistas da Receita Federal, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes não deixa o assunto morrer e prepara processos contra os servidores que acessaram suas contas e as de sua esposa. A principal desconfiança do ministro está na possível relação irregular entre procuradores e a Receita, em especial à força-tarefa de Curitiba.

De acordo com Daniela Lima, da Folha de S.Paulo, a desconfiança do ministro tem se pautado por diálogos revelados pelo The Intercept Brasil, em reportagens que ficaram conhecidas por Vaza Jato. As conversas mostram procuradores de Curitiba falando sobre consultas informais da Receita a dados de autoridades.

Leia a íntegra na Revista Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247