Gleisi e Rui: não há saída sem o voto popular

Presidente do PT, Rui Falcão, e a senadora Gleisi Hoffmann, líder do partido no Senado, divulgaram vídeo em que reforçam a defesa por eleições diretas; "Qualquer saída que não passe pelo voto popular é um novo golpe. Temos que seguir a cláusula pétrea da Constituição: todo poder emana do povo e deve ser exercido por pessoas eleitas", dizem os líderes petistas; Gleisi destacou que o código eleitoral prevê que se Temer for cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a eleição para o novo presidente da República deve ser direta. "Nós não vamos aceitar um novo golpe, com eleições indiretas", acrescentou Rui

Presidente do PT, Rui Falcão, e a senadora Gleisi Hoffmann, líder do partido no Senado, divulgaram vídeo em que reforçam a defesa por eleições diretas; "Qualquer saída que não passe pelo voto popular é um novo golpe. Temos que seguir a cláusula pétrea da Constituição: todo poder emana do povo e deve ser exercido por pessoas eleitas", dizem os líderes petistas; Gleisi destacou que o código eleitoral prevê que se Temer for cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a eleição para o novo presidente da República deve ser direta. "Nós não vamos aceitar um novo golpe, com eleições indiretas", acrescentou Rui
Presidente do PT, Rui Falcão, e a senadora Gleisi Hoffmann, líder do partido no Senado, divulgaram vídeo em que reforçam a defesa por eleições diretas; "Qualquer saída que não passe pelo voto popular é um novo golpe. Temos que seguir a cláusula pétrea da Constituição: todo poder emana do povo e deve ser exercido por pessoas eleitas", dizem os líderes petistas; Gleisi destacou que o código eleitoral prevê que se Temer for cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a eleição para o novo presidente da República deve ser direta. "Nós não vamos aceitar um novo golpe, com eleições indiretas", acrescentou Rui (Foto: Aquiles Lins)

247 - O presidente do PT, Rui Falcão, e a senadora Gleisi Hoffmann, líder do partido no Senado, divulgaram vídeo em que reforçam a defesa por eleições diretas.

"Qualquer saída que não passe pelo voto popular é um novo golpe. Temos que seguir a cláusula pétrea da Constituição: todo poder emana do povo e deve ser exercido por pessoas eleitas", dizem os líderes petistas. 

Gleisi Hoffmann destacou que o código eleitoral prevê que se Temer for cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a eleição para o novo presidente da República deve ser direta. "Nós não vamos aceitar um novo golpe, com eleições indiretas", acrescentou Rui. 

Assista acima. 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247