Governador da Paraíba critica julgamento político contra Lula

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), avalia que os documentos existentes em torno do processo do triplex do Guarujá provam que o ex-presidente Lula não é proprietário do imóvel, portanto não pode ser condenado por um julgamento com base política; "Existe uma perseguição e uma articulação ao que o Lula representa em termos de modelo econômico e social para o Brasil", afirmou

Ricardo Coutinho
Ricardo Coutinho (Foto: Charles Nisz)

Portal WSCOM - O governador Ricardo Coutinho avaliou em contato com a reportagem do Portal WSCOM que os documentos existentes em torno do Caso Tríplex de Guarujá provam que o ex-presidente Lula não é proprietário do imóvel, portanto ele não pode ser condenado pela inspiração judicial com base política.

- Existe uma perseguição e uma articulação ao que o Lula representa em termos de modelo econômico e social para o Brasil, declarou o governador acrescentando:

- Queremos Justiça, apenas, Justiça - declarou.

Ele criticou ainda tamanha situação jurídica com inspiração política. "Isto não pode acontecer", declarou.

Ricardo Coutinho acusou a Oposição a Lula nas figuras dos líderes do PSDB e PMDB de estarem com bilhões fora do país antes, na atualidade e no futuro oriundos de desvios. "Eles, sim".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247