Governo do Amazonas concede crédito emergencial para amenizar impactos econômicos da Covid-19

O pacote de R$ 140 milhões destinados a empréstimos começou para microempreendedores, profissionais liberais, autônomos e produtores rurais

(Foto: Tânia Rego/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo do Amazonas iniciou na segunda-feira (11) um programa de concessão de crédito emergencial para reduzir os impactos econômicos causados pela pandemia de Covid-19 e pelo fechamento de comércios.

O pacote de R$ 140 milhões destinados a empréstimos foi anunciado após um período de 15 dias em que o comércio ficou proibido de funcionar.

Com um novo surto grave da doença no estado, o Amazonas deve ter os serviços não essenciais fechados até 17 de janeiro, caso o decreto não seja estendido.

O financiamento varia de R$ 500 a 100 mil, dependendo da atividade produtiva de crédito do interessado. Os empréstimos começaram para microempreendedores, profissionais liberais, autônomos e produtores rurais por meio da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

Para participar, o interessado tem que enviar as documentações que constam no site da Afeam e, dependendo do valor solicitado, também é exigida garantia de avalista.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247