Guilherme Boulos lança instituto para repaginar a esquerda brasileira

Nesta terça-feira 18, o coordenador do MTST lança o Instituto Democratize, que pretendedeseja ser uma plataforma para repensar os porquês das pautas que interessam a sociedade brasileira – e quem abre as portas é a Previdência.

Boulos lembra que Fux suspendeu a investigação de Queiroz
Boulos lembra que Fux suspendeu a investigação de Queiroz (Foto: Mídia Ninja)

Carta Capital - “A esquerda tem que ter humildade para reconhecer seus erros, e ousadia para pensar o futuro.” A frase é de Guilherme Boulos, que quer levar o campo progressista a alçar novos – e maiores – voos. Nesta terça-feira 18, o coordenador nacional do MTST lança o Instituto Democratize, que pretendedeseja ser uma plataforma para repensar os porquês das pautas que interessam a sociedade brasileira – e quem abre as portas é a Previdência.

Intitulado ‘Democratize’, o Instituto quer ouvir os outros lados para fazer jus ao seu nome, mas não adere a aspirações de neutralidade em um debate que precisa ser feito. “A ideia é construir um projeto crítico, nacional e de esquerda. Ouvir as várias posições é fundamental para um debate qualificado”, diz o idealizador.

Para Boulos, que esteve no front dos ataques aos setores da esquerda quando foi candidato à Presidência em 2018, é necessário construir espaços de diálogos que incluam localidades fora de São Paulo, local sede do primeiro seminário. Para tal, todos os debates serão transmitidos para pelas redes sociais, e demais encontros também acontecerão fora da capital.

Entre as temáticas previstas nos debates, estão o sistema tributário brasileiro e o direito à cidade. O Instituto pretende transformar os ciclos de palestra e estudos em publicações de fôlego.

Para abrir as conversas, o seminário “A Previdência precisa de reformas?” vai reunir especialistas e acadêmicos nesta terça e quarta-feira 19, em São Paulo. Entre os palestrantes, figuram nomes como Luis Gonzaga Belluzzo e Mário Villanueva – que discutirá sobre o projeto de capitalização no Chile. O dia também contará com uma mesa sobre os impactos da reforma na vida das mulheres e os aspectos jurídicos e fiscais das proposições sobre a Previdência.

“A Previdência precisa de reformas?”

Seminário de abertura do Instituto Democratize.

Onde: Rua Peixoto Gomide, 282, São Paulo – SP.

Programação: confira na página do Instituto Democratize no Facebook.

O evento é gratuito.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247