Haddad: "Bolsonaro rompe pacto federativo e ofende governadores muito mais bem avaliados do que ele"

O ex-ministro Fernando Haddad afirmou que Jair Bolsonaro rompeu o pacto federativo, estabelecido pela Constituição, ao declarar que só fará o repasse institucional de recursos ao Nordeste se os governadores divulgarem que apoiam o seu governo

247 - O ex-ministro Fernando Haddad criticou as afirmações de Jair Bolsonaro e disse que ele rompe o pacto federativo, estabelecido pela Constituição, ao declarar que só fará o repasse institucional de recursos ao Nordeste se os governadores divulgarem que apoiam o governo.

"Bolsonaro rompe pacto federativo, ofende governadores do Nordeste muito mais bem avaliados do que ele e corta verbas para a região", escreveu Haddad em sua página nas redes sociais.

De acordo com a Constituição, a República Federativa do Brasil é composta pela parceria indissolúvel de estados, municípios e distrito federal. 

Haddad afirmou ainda que, "com nova gestão da Caixa, Nordeste recebe apenas 2,2% dos empréstimos", o que já é reflexo da política do governo federal contra aqueles que o governo trata como inimigos.

"Não vou negar nada para esses estados, mas se eles quiserem realmente que isso tudo seja atendido, eles vão ter que falar que estão trabalhando com o presidente Jair Bolsonaro. Caso contrário, eu não vou ter conversas com eles, vamos divulgar obras junto a prefeituras", afirmou Bolsonaro durante uma inauguração de obra em Sobradinho, na Bahia, estado governado por Rui Costa (PT). 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247