Haddad ironiza silêncio de Moro diante do aparelhamento da PGR

A escolha do subprocurador Antônio Carlos Simões Martins Soares, indicado pelo senador Flávio Bolsonaro para comandar a PGR, foi criticada pelo ex-prefeito Fernando Haddad nas redes sociais. Ele condenou o silêncio do ministro da Justiça, Sérgio Moro, sobre o aparelhamento da PGR feito pelo clã Bolsonaro. '"Se puder dar um filé mignon ao meu filho, eu dou": Flávio Bolsonaro emplaca nome para PGR e ficará impune. Queiroz tem novas razões para celebrar. Moro se faz de Moro”', postou no Twitter

247 - A escolha do subprocurador Antônio Carlos Simões Martins Soares, indicado pelo senador Flávio Bolsonaro para comandar a Procuradoria Geral da República (PGR), foi criticada pelo ex-prefeito Fernando Haddad nas redes sociais. Ele condenou o silêncio do ministro da Justiça, Sérgio Moro, sobre o aparelhamento da PGR feito pelo clã Bolsonaro. 

"Se puder dar um filé mignon ao meu filho, eu dou": Flávio Bolsonaro emplaca nome para PGR e ficará impune. Queiroz tem novas razões para celebrar. Moro se faz de Moro”, postou Haddad no Twitter. 

Flávio é investigado pela suspeita de um esquema de rachadinha – devolução ilegal de salários de servidores – por meio de um esquema envolvendo o ex-assessor Fabrício Queiroz. A postagem de Haddad faz referência a uma frase dita em julho por Jair Bolsonaro. 

Na ocasião, durante uma transmissão na internet, Bolsonaro disse que pretendia beneficiar outro filho, Carlos, ao indicá-lo para a embaixada do Brasil em Washington. "Lógico, que é filho meu, pretendo beneficiar filho meu, sim. Pretendo, se puder, dar filé mignon, eu dou, mas não tem nada a ver com filé mignon, nada a ver”, disse (leia no Brasil 247). 

Agora, com a escolha de Soares para a PGR, feita fora da lista tríplice do Ministério Público e com o aval do filho, Bolsonaro tenta blindar Flávio de possíveis desdobramentos ligados à investigação. (Leia no Brasil  247)

Confira o Twitter de Fernand Haddad sobre o assunto. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247