Imigração de brasileiros para países membros da OCDE subiu 24%

A quantidade de brasileiros que migrou para os 36 países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) aumentou 24% de 2016 para 2017. É terceiro maior aumento de fluxo migratório para os países ricos, atrás apenas da Tailândia e da Venezuela

Brasileiros terão que ter autorização prévia para visitar a União Europeia
Brasileiros terão que ter autorização prévia para visitar a União Europeia (Foto: Pedro França/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A quantidade de brasileiros que migrou para os 36 países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) aumentou 24% de 2016 para 2017. É terceiro maior aumento de fluxo migratório para os países ricos, atrás apenas da Tailândia e da Venezuela. 

A reportagem do jornal El País destaca que "em números absolutos, porém, o Brasil ocupa a décima sétima posição em um ranking de 50 países que mais enviaram pessoas para a OCDE em 2017. Um total de 99.000 brasileiros mudaram de país de forma legal naquele ano, enquanto que 80.000 arrumaram suas malas em 2016."

A matéria lembra que "o Brasil vivia então um período de lenta recuperação econômica após duas quedas bruscas do PIB em 2015 e 2016, coincidindo com uma grave crise política que desembocou no impeachment de Dilma Rousseff, com o aumento dos índices de violência urbana e a continuidade de altas taxas de desemprego. Os números de 2017 também estão acima da média registrada entre 2007 e 2016. Nesse período, cerca de 77.000 brasileiros deixaram o país a cada ano para morar em países da OCDE, segundo o estudo."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email