Inquérito tem de ser concluído em três dias, diz Genro

Em entrevista coletiva, governador Tarso Genro determinou que investigações sobre as causas do incêndio que matou 248 pessoas na boate Kiss, em Santa Maria, sejam concluídas até quarta-feira: "Hoje será ouvido o dono da boate. Para se eximir da responsabilidade terá que apresentar todos os documentos da boate para funcionamento legal. Tem que se apresentar de maneira isenta, sensata e profunda", disse

Inquérito tem de ser concluído em três dias, diz Genro
Inquérito tem de ser concluído em três dias, diz Genro
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, disse na tarde deste domingo 27 que até quarta-feira será concluído o inquérito sobre as causas do incêndio que matou 248 pessoas e deixou 137 feridos na boate Kiss, em Santa Maria, região central do Estado. Em entrevista coletiva no Palácio Piratini, sede do governo gaúcho, Tarso exigiu agilidade e informou que hoje mesmo as primeiras testemunhas serão ouvidas.

"Queremos que se faça um inquérito policial profundo, incisivo e rápido com provas científicas e técnicas preservadas de maneira eficiente para que tenhamos uma apuração das causas reais e concretas que resultaram nessa tragédia. A partir disso as autoridades apontarão responsabilidades", disse.

O incêndio começou de madrugada, por volta das 2 horas e, segundo as primeiras informações foi causado por um show pirotécnico de uma banda de música que se apresentava no local. O Corpo de Bombeiros informou que o clube noturno estava com o alvará de funcionamento vencido desde agosto.

"Hoje será ouvido o dono da boate. Para se eximir da responsabilidade terá que apresentar todos os documentos da boate para funcionamento legal. Tem que se apresentar de maneira isenta, sensata e profunda", alertou Tarso. "Até quarta-feira teremos algo concreto sobre a apuração deste caso. Podemos dar uma demonstração que o Estado é eficiente em apurar causas e dar apoio aos familiares", afirmou.

O governador também prometeu cortar na própria carne, apurando responsabilidades também no setor público pela falta de documentos em dia da boate: "É natural que haja uma cobrança da sociedade. É por isso que temos que apurar as causas para ver se alguém, não só do poder público, mas dos responsáveis pelos equipamentos. Mas falar em culpa de alguém é uma falta de respeito ao trabalho que está sendo feito por todos", finalizou.

O governador decretou luto oficial de sete dias em memória das vítimas do incêndio. "É uma tragédia brutal que está acontecendo em Santa Maria, é brutal para o País e para o Estado. Nós estamos empenhados desde a madrugada em dar todo apoio necessário para que tenhamos um levantamento rápido das provas e fazer um inquérito policial de alto nível, esclarecendo as causas que determinaram esta tragédia", disse.

Todos os serviços do estado estão articulados com a Presidência da República, Exército, Aeronáutica, Polícia Federal, Defesa Civil e Instituto Geral de Perícia, que está dando suporte para o levantamento de provas do inquérito policial. "Este é o momento de nós compartilharmos a dor, e com o nosso trabalho demonstrar toda a nossa solidariedade às famílias e ao povo de Santa Maria, e ao nosso estado, inclusive. É um momento muito duro para todos nós e temos que ter competência para trabalhar bem e dar uma resposta à altura deste acontecimento", disse o governador.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247