Intimidado por ameaças, ex-candidato deixa Sergipe

O candidato do PSL ao governo de Sergipe no primeiro turno da eleição deste ano, Eduardo Cassini, deixou o estado alegando ter sofrido ameaças da morte por declarar apoio a Belivaldo Chagas (PSD) e a Fernando Haddad (PT); ele prestou Boletim de Ocorrência na Polícia Civil

www.brasil247.com - Intimidado por ameaças, ex-candidato deixa Sergipe
Intimidado por ameaças, ex-candidato deixa Sergipe (Foto: Reprodução (Youtube))
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O candidato do PSL ao governo de Sergipe no primeiro turno da eleição deste ano, Eduardo Cassini, deixou o estado alegando ter sofrido ameaças da morte por declarar apoio a Belivaldo Chagas (PSD) e a Fernando Haddad (PT). Ele prestou Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.

Cassini afirmou que as ameaças já cessaram, mas ainda não sabe dizer se a saída de Sergipe é temporária ou se será definitiva. As informações são do Infonet.

Anteriormente, o ex-candidato justificou sua manifestação em defesa de Haddad e Belivaldo Chagas. "Sou fiel aos meus valores e a tudo que expus durante a minha campanha, aos meus projetos e à minha história. Se decidi apoiar os candidatos apoiados pelo PT é em razão da compreensão de que o projeto atual deles não conflitava com o meu projeto de Brasil, mesmo havendo discordância em alguns pontos. Entretanto, vi que numa democracia essas discordâncias são debatidas, compreendidas e resolvidas de forma política, não em forma de violência", destaca um trecho da nota.

Eduardo Cassini teve 32.326 votos no primeiro turno das eleições e foi o sexto colocado entre os nove candidatos que disputaram o Governo do Estado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email