João Capiberibe obtém liminar no TSE para validar votos

Determinação foi do ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Og Fernandes; ele entendeu que a decisão que rejeitou a candidatura do vice não poderia afetar a cabeça de chapa; João Capiberibe liderava as pesquisas de intenções de voto para o governo do Amapá

João Capiberibe obtém liminar no TSE para validar votos
João Capiberibe obtém liminar no TSE para validar votos (Foto: Waldemir Barreto)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Felipe Martins, em Agência Brasil - O candidato ao governo do Amapá pelo PSB, João Capiberibe, obteve uma liminar (decisão provisória) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinando que seus votos sejam contabilizados.

Até o momento, nenhum voto foi contabilizado ao candidato, que aparecia como líder nas pesquisas. Uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) rejeitou, ontem (6) a candidatura do vice na chapa, Marcos Roberto (PT), o que fez com que os votos a Capiberibe fossem tratados como nulos.

O ministro Og Fernandes, do TSE, acolheu um pedido urgente de Capiberibe para que os votos fossem contabilizados, por entender que a decisão que rejeitou a candidatura do vice não poderia afetar a cabeça de chapa.

“O julgado é taxativo ao possibilitar a cisão da chapa, nas hipóteses em que o óbice recai exclusivamente na figura do vice”, escreveu o ministro. Ele destacou ainda que o TSE ainda deve tratar a questão em plenário, mas que até lá os votos a Capiberibe devem aparecer normalmente na apuração.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247