Juízes auxiliares de Teori já ouviram a maioria dos delatores da Odebrecht

Dos 77 executivos que firmaram acordo de delação premiada, 60 já foram ouvidos; expectativa é que o procedimento termine nesta sexta-feira 27, quando o ex-presidente da empreiteira, Marcelo Odebrecht, deverá falar; próximo passo é a homologação

Dos 77 executivos que firmaram acordo de delação premiada, 60 já foram ouvidos; expectativa é que o procedimento termine nesta sexta-feira 27, quando o ex-presidente da empreiteira, Marcelo Odebrecht, deverá falar; próximo passo é a homologação
Dos 77 executivos que firmaram acordo de delação premiada, 60 já foram ouvidos; expectativa é que o procedimento termine nesta sexta-feira 27, quando o ex-presidente da empreiteira, Marcelo Odebrecht, deverá falar; próximo passo é a homologação (Foto: Gisele Federicce)

247 - Os juízes que auxiliavam o ministro Teori Zavaski no Supremo Tribunal Federal já ouviram a maioria dos delatores da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato, procedimento que antecede a homologação do acordo de delação premiada.

Segundo reportagem do portal G1, dos 77 executivos delatores, 60 já foram ouvidos até esta quinta-feira 27. A expectativa é que o procedimento termine nesta sexta, quando o ex-presidente da empreiteira, Marcelo Odebrecht, deverá falar.

Nas audiências, que duram cerca de 30 minutos, os juízes perguntam apenas se os delatores prestaram informações de livre e espontânea vontade, sem coação por parte dos investigadores do Ministério Público Federal.

O processo de homologação pelos juízes auxiliares de Teori prosseguiu por determinação da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, após a morte do ministro em um acidente aéreo na semana passada.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247