Julgamento de Lula no TRF4 é seguido por vigílias em todo o país

Manifestações em defesa do ex-presidente estão programadas em diversas capitais. Lula acompanha sessão do TRF4 no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que está tomado por apoiadores

Manifestações em defesa do ex-presidente estão programadas em diversas capitais. Lula acompanha sessão do TRF4 no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que está tomado por apoiadores
Manifestações em defesa do ex-presidente estão programadas em diversas capitais. Lula acompanha sessão do TRF4 no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que está tomado por apoiadores (Foto: Aquiles Lins)

Agência Brasil - No dia em que o recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está sendo julgado pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) em Porto Alegre, manifestantes contrários e favoráveis ao ex-presidente se manifestam em várias cidades do país.

Os desembargadores em Porto Alegre julgam recurso de Lula contra a condenação de 9 anos e 6 meses de prisão, no caso do triplex do Guarujá. A pena foi aplicada pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal, em Curitiba.

Salvador

Integrantes de movimentos sociais, sindicalistas e simpatizantes do ex-presidente bloquearam na manhã de hoje (24) a avenida que dá acesso ao Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Salvador. A Polícia Militar intensificou o policiamento ostensivo a fim de evitar conflitos.

Os manifestantes começaram a se concentrar próximo ao local do bloqueio por volta das 4h30 de hoje. Segundo a Superintendência de Trânsito (TranSalvador), a Avenida Tenente Frederico Gustavo dos Santos, que dá acesso ao aeroporto, estava totalmente bloqueada por volta das 6h20 e foi liberada pouco após as 7h10.

Muitos passageiros tiveram que seguir a pé até o aeroporto para não perder seus voos. Após liberarem o acesso ao aeroporto, os manifestantes seguiram em caminhada até a Câmara Municipal de Lauro de Freitas, onde de acordo com a PM, o ato foi encerrado.

Pouco após as 10h30, a TranSalvador registrava o início de um segundo bloqueio, desta vez na Avenida Sete de Setembro, próximo à Praça da Piedade, na região central.

Porto Alegre

Em Porto Alegre, onde ocorre o julgamento, a Brigada Militar abordou uma embarcação nas águas do Rio Guaíba. O barco estava no perímetro delimitado pelas autoridades para o acompanhamento de movimentos sociais que defendem o ex-presidente. Dentro barco, foi inflado um boneco anti-Lula por manifestantes que pedem a prisão do ex-presidente.

Segundo a Brigada Militar, o barco estava com a documentação em dia. Mesmo assim, foi retirado do local e o boneco inflável removido.

A área foi isolada pelo governo do estado.

Recife

Desde ontem (23), atos de apoio ao ex-presidente foram registrados em várias cidades pernambucanas, como Petrolina, Garanhuns e Caruaru. Segundo a Polícia Militar, não houve registros de confusões. No Recife, integrantes da Frente Brasil Popular, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e de outros movimentos sociais estão reunidos na Praça Tiradentes, onde acompanham a transmissão do julgamento do recurso por meio de um telão instalado no local.

Leia mais na matéria da Rede Brasil Atual. 

Rede Brasil Atual - Manifestações, vigílias e atos de solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva acontecem nesta quarta-feira (24) em todo o país. No momento em que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), de Porto Alegre, realiza o julgamento do recurso de Lula pelo juiz Sérgio Moro – em sentença criticada por especialistas de todo o mundo, milhares de pessoas estão concentradas desde a capital e se espalham por dezenas de cidades do país.

Lula afirmou ontem (23) durante ato na Esquina Democrática que permanece em sua luta política independentemente do que decidirem os três desembargadores. "Qualquer que seja o resultado [do julgamento] eu continuarei lutando para que as pessoas tenham respeito e dignidade. Ninguém vai impedir que o povo cresça na vida. Tenho 72 anos, energia de 30 e tesão de 20 para lutar pelos direitos do povo". O ex-presidente acompanha o julgamento na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que já tem seus arredores ocupados por manifestações de solidariedade.

Em São Paulo, ato organizado pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, que reúnem mais de 180 movimentos, entre os quais CUT, sindicatos, MTST, CTB, CMP, UNE e MST, será na Praça da República, a partir das 17h, e contará com a participação do ex-presidente Lula. O ato prevê caminhada até a Avenida Paulista.

Relação de cidades com eventos confirmados pela CUT

ACRE – Em Boa Vista, 8h, na Praça da Revolução

ALAGOAS – Em Maceió, 8h, na Praça Centenário, com caminhada até a Praça Deodoro

BAHIA – Em Salvador, 9h, passeata em Cajazeiras, saindo da Rótula de Cajazeiras 11, seguindo para a Rótula da Feirinha.Também em Salvador, às 8h30, vigília em frente ao Fórum Ruy Barbosa, no Campo da Pólvora, com passeata até o centro da cidade após a sessão do TRF4. Em Serrinha, às 8h, caminhada a partir da Praça Morena Bela. Em Senhor do Bonfim, a partir das 8h, ato do no Sindiferro

CEARÁ – Em Fortaleza, às 8h, na Praça da Justiça Federal, ato ecumênico e apresentações culturais. Em Juazeiro, 9h, ato na Praça da Prefeitura em Juazeiro. Em Crateús, concentração em frente ao prédio da Justiça Federal, com caminhada pelo Ministério Público Federal e feira livre. Em Limoeiro do Norte, tem ato na Praça da Justiça Federal, ao lado do Supermercado Pinheiro. Em Quixadá, ato na Praça Coronel Nanan, em frente ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Em Sobral, concentração na Praça de Cuba e caminhada pelas as ruas da cidade finalizando no Beco do Cotovelo

DISTRITO FEDERAL – Em Brasília, 10h, tem caminhada após concentração na sede da CUT   

ESPÍRITO SANTO – Em Vitória, vigília na Praça Costa Pereira

GOIÁS – Em Goiânia, ato em frente ao TRF

MARANHÃO – Em São Luís, ato em frente ao prédio da Justiça  Federal

MATO GROSSO – Em Cuiabá, ato e vigília em frente ao prédio da Justiça Federal, com caravanas de municípios vizinhos

MATO GROSSO DO SUL – Em Campo Grande, ato na esquina da Avenida Afonso Pena com Rua 14 de julho

MINAS GERAIS – Em Belo Horizonte, vigília na Assembleia Legislativa

PARAÍBA – Em João Pessoa, ato na Praça João Pessoa. Em Campina Grande, ato na praça do complexo judiciário, bairro Liberdade. Em Areia, ato na Praça do Coreto, Centro. Em Alagoa Grande, na Câmara dos Vereadores. Em Bananeiras, na sede do sindicato dos trabalhadores rurais; e também em Sapé. Em Cajazeiras, na Câmara Municipal 

PARANÁ – Em Curitiba, vigília na Praça Santos Andrade. Em Guaraúava, em frente à Justiça Federal

PERNAMBUCO – Em Recife, ato na Praça Tiradentes, em frente ao prédio do TRT

PIAUÍ – Em Teresina, 15h, na Praça da Liberdade 

RIO DE JANEIRO – Vigília a partir das 9h na ocupação da porta da Globo na Rua Jardim Botânico. Ato Político pós julgamento mantido na Carioca, na Avenida Rio Branco

RIO GRANDE DO NORTE – Em Natal, concentração no Centro de Comercialização de Agricultura Familiar   

RIO GRANDE DO SUL – Segue ato político/cultural e vigília. No fim do julgamento terá ato político de encerramento com a presença das maiores lideranças das organizações políticas e sociais do Brasil.  

SÃO PAULO – Em São Paulo, 17h, tem ato na Praça da República, com a presença de Lula.

SERGIPE – Em Aracajú, 15h, tem ato na Praça General Valadão

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247