Juristas, advogados e ex-ministros pedem renúncia de Moraes

Em carta aberta proposta pelo centro acadêmico XI de Agosto, da Faculdade de Direito da USP, o ministro é chamado de omisso e inábil; texto assinado por juristas como Fábio Konder Comparato e Juarez Tavares e por ex-ministros como Eugênio Aragão, José Eduardo Cardozo, Tarso Genro, Rogério Sottili e Maria do Rosário repudia as declarações de incitação aos massacres nos presídios e critica o plano nacional de segurança anunciado pelo ministro da Justiça na esteira dos massacres que deixaram quase 100 mortos; reportagem da CartaCapital

Alexandre de Moraes
Alexandre de Moraes (Foto: Gisele Federicce)

Da CartaCapital - Mais de uma centena de juristas, advogados, políticos, movimentos sociais e entidades de classe da área subscrevem uma carta aberta do centro acadêmico XI de Agosto, da Faculdade de Direito do Largo Francisco, que pede a renúncia do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.

Entre os abaixo-assinados constam, entre outros, Fábio Konder Comparato, professor titular da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, a Associação Juízes Pela Democracia, o ex-ministro Eugênio Aragão e Juarez Tavares, professor titular da Faculdade de Direito da Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

Leia a íntegra aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247