Justiça determina que João de Deus volte para prisão domiciliar

João de Deus, condenado por uma série de crimes sexuais, está no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia desde 26 de agosto deste ano

João de Deus
João de Deus (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) determinou nesta terça-feira (14) que o médium João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, deixe o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia e volte a cumprir prisão domiciliar,  informou sua defesa. João de Deus foi condenado por uma série de crimes sexuais contra mulheres cometidos durante seu atendimento espiritual. 

João de Deus cumpria a pena em regime domiciliar devido à pandemia da Covid-19, mas, após nova denúncia do Ministério Público de Goiás (MP-GO), voltou ao presídio em 26 de agosto. Ele cumpre pena desde 2018. 

Segundo a nota divulgada pelos advogados Anderson Van Gualberto de Mendonça e Marcos Maciel Lara, a ordem de habeas corpus "afasta a ilegalidade da última prisão decretada em seu desfavor". 

PUBLICIDADE

Além disso, a defesa sustenta que a condição de saúde do médium, que tem 80 anos, impossibilita o cumprimento de sua pena no presídio. (Com informações do G1). 

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email