Kennedy Alencar: demissão na PF teria relação com Luciano Hang

“A PF de Valeixo disse a Moro que apoiadores mais ativos de Bolsonaro na internet têm forte admiração por dois empresários em especial: Meyer Joseph Nigri e Luciano Hang”, tuitou Alencar

Havan faz demissão em massa em loja no RS.
Havan faz demissão em massa em loja no RS. (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Em meio às notícias sobre o suposto pedido de demissão de Sérgio Moro do Ministério da Justiça, que teria como base a demissão do diretor da Polícia Federal, Maurício Valeixo, o jornalista Kennedy Alencar foi ao Twitter, nesta quinta-feira (23), para sinalizar que a troca no comando da PF teria relações com empresários como Luciano Hang, das lojas Havan, e com o empreiteiro Meyer Joseph Nigri .

“A PF de Valeixo disse a Moro que apoiadores mais ativos de Bolsonaro na internet têm forte admiração por dois empresários em especial: Meyer Joseph Nigri e Luciano Hang”, tuitou Alencar.

A informação vem em meio às especulações de que Bolsonaro teria decido demitir Valeixo, braço-direito de Moro, pelo fato de a PF estar encampando uma investigação contra as milícias digitais que atuam nas redes sociais. Os empresários citados seriam financiadores dessa estrutura que espalha fake news na internet.

Continue lendo na Fórum

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247