Lei do juiz das garantias ameaça poder do lavajatista Marcelo Bretas

Um dos mais ativos juízes da Lava Jato, Marcelo Bretas, que conduz a operação no Rio de Janeiro, pode perder poderes com a criação do juz das garantias

Juiz Marcelo Bretas
Juiz Marcelo Bretas (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O juiz federal do Rio de Janeiro Marcelo Bretas, que se notabilizou por despachar tanto em inquéritos e pedidos de prisão como em ações penais em andamento e se tornou um ativo operador da Lava Jato, com pretensões políticas, terá seus poderes reduzidos. 

Com a criação dos juízes das garantias será estabelecida uma separação: o magistrado que atua nas fases anteriores aos processos, como o que determina diligências e quebras de sigilo, não poderá ser o mesmo que conduz as ações abertas, destaca o jornalista Felipe Bächtold da Folha de S.Paulo.  

Advogados e especialistas consideram que a criação dos juizes das garantias terá impacto na Operação Lava Jato, tanto no Rio de Janeiro quanto no Paraná. Pelo texto da nova lei, Bretas pode ficar impedido de despachar em pedidos de prisão e em procedimentos relativos à deflagração de novas fases da Lava Jato fluminense.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para con[email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247