Lira anuncia acordo com oposição e PT deve ocupar 2ª Secretaria da Mesa Diretora

Pelo acordo construído entre os líderes dos dois blocos partidários, as legendas de oposição terão pelo menos dois dos seis cargos disponíveis, além de metade das suplências

(Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Câmara com 247 - O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta terça-feira (2) que os líderes dos dois blocos partidários chegaram a um acordo para a composição da Mesa Diretora na eleição marcada para esta quarta-feira (3), às 10h.

Segundo ele, houve pacificação em relação à participação dos dois grupos na divisão dos cargos. “Isso deve ajudar a construção do entendimento da Casa. Sempre trataremos por maioria da Casa e nada de decisões isoladas”, afirmou Lira.

Pelo acordo fechado no colégio de líderes, a divisão dos cargos vai ficar da seguinte maneira:

Primeira vice-presidência: PL - Marcelo Ramos (AM)

Segunda vice-presidência: PSD - André de Paula (PE)

Primeira secretaria: PSL - Luciano Bivar (PE)

Segunda secretaria: PT - Marília Arraes (PE)

Terceira secretaria: PSB - Marcelo Nilo (BA)

Quarta secretaria: Republicanos - Rosângela Gomes (RJ)

Suplentes: PDT, DEM, PV e PSC

Os partidos com suplências têm até 20h de hoje para indicar os candidatos.

Ao tomar posse como presidente da Câmara na noite dessa segunda-feira, Lira anulou a decisão do ex-presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ), que aceitou o registro do bloco do candidato Baleia Rossi (MDB-SP). O bloco foi registrado minutos após o fim do prazo determinado, mas acabou sendo aceito por decisão unilateral de Maia.

Lira também informou que vai se encontrar com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para debater sobre uma pauta emergencial de votações nas duas casas e marcar a data da instalação da Comissão Mista de Orçamento (CMO). Pacheco já disse que espera votar o Orçamento até março.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email