Luis Felipe Miguel: Barbosa quer aproveitar o vácuo político que ele mesmo ajudou a criar

"Joaquim Barbosa quer ser presidente aproveitando o vácuo político que ele mesmo ajudou a criar, ao presidir o julgamento de exceção do “mensalão”. Informa-se que, para se credenciar como candidato do “centro”, deve apresentar um programa que seja “market friendly”, mas voltado à justiça social, o que é mais ou menos como propor um jantar vegano à base de picanha", diz o cientista político Luis Felipe Miguel

"Joaquim Barbosa quer ser presidente aproveitando o vácuo político que ele mesmo ajudou a criar, ao presidir o julgamento de exceção do “mensalão”. Informa-se que, para se credenciar como candidato do “centro”, deve apresentar um programa que seja “market friendly”, mas voltado à justiça social, o que é mais ou menos como propor um jantar vegano à base de picanha", diz o cientista político Luis Felipe Miguel
"Joaquim Barbosa quer ser presidente aproveitando o vácuo político que ele mesmo ajudou a criar, ao presidir o julgamento de exceção do “mensalão”. Informa-se que, para se credenciar como candidato do “centro”, deve apresentar um programa que seja “market friendly”, mas voltado à justiça social, o que é mais ou menos como propor um jantar vegano à base de picanha", diz o cientista político Luis Felipe Miguel (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Luis Felipe Miguel, em seu Facebook

Joaquim Barbosa quer ser presidente aproveitando o vácuo político que ele mesmo ajudou a criar, ao presidir o julgamento de exceção do “mensalão”. Informa-se que, para se credenciar como candidato do “centro”, deve apresentar um programa que seja “market friendly”, mas voltado à justiça social, o que é mais ou menos como propor um jantar vegano à base de picanha. As críticas que - reconheça-se - fez ao golpe não levaram a nenhuma oposição declarada às medidas do governo golpista.

Entrando tardiamente na campanha e tendo permanecido com perfil baixo nos últimos anos, é visto como um enigma a ser desvendado. Mas tudo indica que a solução do enigma passa pela palavra “oportunista”.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247