Luis Felipe Miguel critica “indigência mental” de Bolsonaro

"O que impressiona não é só o reacionarismo extremo. É a indigência mental, a desinformação, a incapacidade de participar de um debate, de construir um argumento", diz o cientista político, após a Folha publicar matéria relatando mais uma frase polêmica do atual presidenciável Jair Bolsonaro (PSL)

Luis Felipe Miguel critica “indigência mental” de Bolsonaro
Luis Felipe Miguel critica “indigência mental” de Bolsonaro
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Luís Felipe Miguel, no Facebook

As décadas passaram e ele não mudou nada.

O que impressiona não é só o reacionarismo extremo. É a indigência mental, a desinformação, a incapacidade de participar de um debate, de construir um argumento.

Bolsonaro discute política como se fosse um pré-adolescente não muito dotado lançando provocações.

O triste é que, em certos ambientes, isto não é uma desvantagem, antes pelo contrário.


Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247