Lula comenta revelação de que Lava Jato trabalhou para os EUA: o objetivo era a Petrobrás

Ex-presidente Lula criticou a ilegalidade da cooperação entre a Lava Jato e o FBI. "As empresas brasileiras estavam ganhando licitações das empresas dos EUA no Oriente Médio. Um dia essa história vai ser contada em toda sua verdade", afirmou Lula

Lula quer acesso a acordo entre Lava Jato, EUA e Petrobras
Lula quer acesso a acordo entre Lava Jato, EUA e Petrobras
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se manifestou sobre a reportagem da agência Pública e do Intercept, publicada nesta quarta-feira, 1, sobre a cooperação ilegal de agentes do FBI com a operação Lava Jato. 

Pelo Twitter, Lula destacou que o interesse dos Estados Unidos sempre foi a Petrobras. "Era o Pré-Sal. E as empresas brasileiras que estavam ganhando licitações das empresas dos EUA no Oriente Médio. Um dia essa história vai ser contada em toda sua verdade", afirmou o ex-presidente. 

A reportagem revela a proximidade do FBI com a Polícia Federal durante a Lava-Jato. O procurador Deltan Dallagnol e a Polícia Federal preferiram tratar de extradição diretamente com americanos, burlando a legislação brasileira. “Entendemos que não vale o risco de passar pelo executivo", diz Deltan em mensagens vazadas ao Intercept. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247