Lula participa de reunião com especialistas sobre Covid e vacinação: 'vamos fazer o Brasil voltar a ser referência em vacinação'

"Lula nos ouviu atentamente. Novos tempos. Ele quer fazer o SUS voar", disse o secretário de Saúde do Espírito Santo, que participou da conversa

www.brasil247.com - Luiz Inácio Lula da Silva
Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Ricardo Stuckert | Rovena Rosa/Agência Brasil)


247 - O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), participou nesta quinta-feira (24) de uma reunião com especialistas em saúde para discutir a situação da Covid-19 no país e a recuperação das coberturas vacinais.

“Participei agora de reunião online com especialistas em saúde sobre o Programa Nacional de Imunizações, nosso programa de vacinas, que sofreu tanto nos últimos anos. Vamos trazer de volta o Zé Gotinha e fazer do Brasil mais uma vez referência mundial em vacinação”, publicou Lula.

Nésio Fernandes, secretário de Saúde do Espírito Santo, declarou: “Lula nos ouviu atentamente. Novos tempos”. Apesar de não ter citado, Fernandes fez referência a Jair Bolsonaro (PL), que durante os anos de pandemia brigou com governadores e secretários de saúde em razão das medidas adotadas para conter o avanço da Covid pelo país.

“Lula, o novo dirigente principal do Brasil, está dando novo teto institucional e político para o SUS. Durante a pandemia quiseram ajoelhar a ciência e as vacinas. Lula quer fazer o SUS voar. Ele não pediu, ele encomendou as melhores propostas para melhorar o acesso aos serviços assistenciais do SUS e para recuperar rapidamente as coberturas vacinais. Nós topamos o desafio”, disse Fernandes.

Segundo boletim do gabinete de transição do novo governo,”Lula reafirmou que saúde, no seu governo, jamais será vista como gasto, mas como investimento, e disse que não faltarão recursos para recuperar a área no país, especialmente políticas como o Programa Nacional de Imunização, desestruturado na gestão Bolsonaro. O presidente eleito ressaltou ainda que, para melhorar a qualidade do SUS, é preciso investir significativamente em inovação e soluções criativas e, de maneira emergencial, resolver gargalos do sistema em favor de um melhor atendimento à população, como a questão da lista de espera para atendimento especializado”.

 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247