Lula rejeita chantagem para abrir mão de sua candidatura em troca de liberdade

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, detido arbitrariamente desde o dia sete de abril, foi sondado sobre a possibilidade de abandonar sua candidatura ao Planalto para, em troca, ser liberto, segundo afirmou o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT-SP); "Me apresentem uma prova que eu abro mão da minha candidatura", afirmou Lula

Belo Horizonte- MG- Brasil- 06/02/2015- Ex-presidente Lula discursa em evento que comemora os 35 anos do PT. Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
Belo Horizonte- MG- Brasil- 06/02/2015- Ex-presidente Lula discursa em evento que comemora os 35 anos do PT. Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula (Foto: Lais Gouveia)

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, detido arbitrariamente desde o dia sete de abril na sede da Polícia Federal de Curitiba, foi sondado sobre a possibilidade de abandonar sua candidatura ao Planalto para, em troca, ser liberto, segundo afirmou o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT-SP). 

Sem aprofundar a questão, Haddad revela que Lula foi sondando para desistir de sua candidatura."Acenaram para Lula num acordo", diz. 

Hadadd segue o relato dizendo que Lula foi categórico ao responder ."Me apresentem uma prova que eu abro mão da minha candidatura", afirmou. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247