HOME > Brasil

Lula visita no Rio projeto de submarino nuclear, idealizado pelo almirante Othon

Visita altamente simbólica marca retomada dos investimentos estratégicos após o ataque à soberania pela Lava Jato

(Foto: Ricardo Stuckert/PR | Agência Brasil | Marinha do Brasil)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz nesta quinta-feira (23) uma visita ao Rio de Janeiro, onde se reunirá com oficiais da Marinha para supervisionar o Complexo Naval de Itaguaí. É lá que são construídas as embarcações previstas no Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub).

Após ter pacificado as relações entre Forças Armadas e os poderes constituídos, o presidente Lula vem se aproximando dos militares ao mesmo tempo em que busca a despoilitização das tropas e o julgamento dos militares envolvidos na tentativa de golpe em 8 de janeiro. 

Na semana passada, foram apresentados ao presidente Lula os projetos estratégicos da Marinha, como o Programa Nuclear da Marinha (PNM) e o Prosub.

Uma das intenções declaradas do presidente é a modernização das Forças Armadas e da indústria de defesa no Brasil.

A visita desta quinta-feira é altamente simbólica. O Prosub foi idealizado pelo Almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, que foi preso e condenado em 2015 pelo ex-juiz parcial Sergio Moro em um ataque à soberania do país. Moro ficou rico quebrando o país, tendo deixado o cargo de juiz para trabalhar na Alvarez & Marsal, em uma mudança que críticos veem como caso de "porta giratória". 

Durante sua estadia na prisão, o almirante Othon tentou ser ouvido, sem sucesso, teve pedidos de soltura negados, ficou doente e chegou a tentar o suicídio. Ele é um dos maiores cientistas brasileiros e responsável pelo programa nuclear do País. Segundo ele, sua prisão interessava a agentes internacionais. É sabido que a Lava Jato colaborou com Washington.  

Em seu Twitter, o presidente Lula anunciou a visita: "Hoje estou no Rio de Janeiro, onde visitarei a construção de submarinos pela Marinha em Itaguaí e também participarei do relançamento de programas de fomento à cultura, para recuperarmos empregos e a produção artística brasileira".

No cronograma do Prosub, há previsão de entrada em operação do S-41 pela Marinha no segundo semestre de 2023. O primeiro submarino construído no programa foi o S-40 “Riachuelo”. O lançamento do “Tonelero” (S-42) tem previsão para 2023 e o “Angostura” (S-43) está programado para 2024. Além de representar um dos maiores programas estratégicos da Defesa, o Prosub  tem impacto significativo na economia, com geração de mais de 60 mil empregos diretos e indiretos e envolvimento de 700 empresas.

Em relação à cultura, o presidente Lula vai assinar o novo decreto da Lei Rouanet. Nomeado 'Ato Pelo Direito à Cultura, Novo Decreto do Fomento',  um dos focos da legislação é levar recursos para regiões do país nem sempre atendidas pelas políticas públicas atuais.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: