Maioria dos brasileiros é contra facilitar posse de armas no país, indica pesquisa

Bolsonaro tenta desfigurar Estatuto do Desarmamento para agradar seus apoiadores, mas apenas 36% do país é a favor de flexibilizar porte e posse

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Uma das principais bandeiras do presidente Jair Bolsonaro (sem partido-RJ), a flexibilização do porte de armas no Brasil é rejeitada pela maioria dos brasileiros, segundo a 6ª Pesquisa Fórum, realizada entre os dias 30 de setembro e 5 de outubro. 54,9% dos entrevistados disseram que são contra as pessoas terem mais armas, 36% afirmaram ser a favor e 9,1% não quiseram responder.

Entre os que defendem mais armas a maioria é homem. Entre eles, 49,9% são a favor e 43,1% contra. Já entre as mulheres, apenas 23,7% são favoráveis à medida e 65,4%, contrárias.

Os mais velhos também são os que mais defendem a liberação. Entre pessoas com 60 anos ou mais, 40,1% se posicionam a favor. Outro segmento que se destaca é os que recebem entre 5 e 10 salários mínimos, com 47,2% a favor.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247