Mandetta já admite saída: "Não sei até quando ficarei ministro"

"Não sei até quando ficarei Ministro da Saúde. Se eu ficar aqui, enquanto ficar aqui, me coloco à disposição de vocês para eventualmente podermos fazer as tomadas de decisões que o momento requer", disse Henrique Mandetta em reunião com integrantes do Ministério Público

O ministro  da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participa de coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, sobre as ações de enfrentamento ao covid-19 no país
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participa de coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, sobre as ações de enfrentamento ao covid-19 no país (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em reunião com integrantes do Ministério Público, que possivelmente foi transmitida por engano nesta segunda-feira (6), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, admitiu que não sabe "até quando ficará Ministro da Saúde". 

A afirmação reforça as especulações que dão como certo que Jair Bolsonaro deve demiti-lo ainda nesta segunda-feira. A informação é do jornal O Globo.

"Não sei até quando ficarei ministro da Saúde. Se eu ficar aqui, enquanto ficar aqui, me coloco à disposição de vocês para eventualmente podermos fazer as tomadas de decisões que o momento requer", disse.

O ministro também afirmou que o cenário político atual é extremamente complexo, com "pessoas que almejam o cargo de ministro", e admitiu que pode não ficar por muito mais tempo no cargo.

O nome mais cotado para substituir Mandetta é o do deputado federal Osmar Terra, que tem defendido as mesmas teses de Bolsonaro contra o isolamento. Ele almoçou com o presidente e os quatro ministros que despacham do Palácio do Planalto nesta segunda.

De acordo com fontes, a demissão de Mandetta deve ser publicada em edição extra do Diário Oficial da União após reunião de Bolsonaro com todos os ministros, entre eles Mandetta, convocada para as 17h. 

"Temos visões diferentes, temos pessoas que almejam o cargo de ministro e acham que o que estamos fazendo não é o correto", afirmou Mandetta em outra reunião, criticando a proposta de isolamento vertical defendida por Bolsonaro.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email