Manuela aproveita feriado da República para lembrar: não temos príncipe

Em meio a dossiês e polêmicas entre "príncipes", Manuela d´Ávilla aproveita o feriado da Proclamação da República para lembrar: "NÃO TEMOS PRÍNCIPE"

Manuela D'Ávila e Luiz Philippe de Orleans e Bragança
Manuela D'Ávila e Luiz Philippe de Orleans e Bragança (Foto: Thallita Oshiro e Vinicius Loures/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em tempos de dossiê contra 'príncipe'-deputado e 'príncipe' Joãozinho dizendo ter pena de primo 'príncipe' que se meteu com o grupo de Bolsonaro, a ex-deputada Manuela d´Ávilla (PCdoB/RS) aproveitou o feriado de 15 de novembro, que celebra a Proclamação da República, para lembrar: "NÃO TEMOS PRÍNCIPE".

Mais cedo, Mônica Bergamo informou que "o empresário, fotógrafo e trineto de dom Pedro 2º, João de Orleans e Bragança, diz ter 'pena' do seu primo e deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-RJ) 'por ele ter se metido com esse nível de gente' — referindo-se ao grupo ligado a Bolsonaro no parlamento."

“Olha o baixo nível. O nível de discriminação”, afirma Joãozinho, que, assim como o primo, também é chamado de príncipe. “É gente desqualificada para lidar com a ‘res publica’, a vida pública. Gente que não poderia estar na política participando do destino do Brasil.”

Leia também:
General diz confiar na versão de Bebianno sobre dossiê de 'príncipe'

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247