Marcelo Odebrecht se afasta da presidência do grupo

"Passados quase 6 meses de prisão e tendo em vista o andamento de seu processo judicial, Marcelo Odebrecht decidiu ontem formalizar seu afastamento da Presidência da Odebrecht S.A., bem como do cargo de Presidente dos Conselhos de Administração da Braskem, Odebrecht Óleo e Gás, Odebrecht Realizações Imobiliárias e Odebrecht Ambiental", informou a empresa em nota; ele é acusado pelos crimes de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa

"Passados quase 6 meses de prisão e tendo em vista o andamento de seu processo judicial, Marcelo Odebrecht decidiu ontem formalizar seu afastamento da Presidência da Odebrecht S.A., bem como do cargo de Presidente dos Conselhos de Administração da Braskem, Odebrecht Óleo e Gás, Odebrecht Realizações Imobiliárias e Odebrecht Ambiental", informou a empresa em nota; ele é acusado pelos crimes de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa
"Passados quase 6 meses de prisão e tendo em vista o andamento de seu processo judicial, Marcelo Odebrecht decidiu ontem formalizar seu afastamento da Presidência da Odebrecht S.A., bem como do cargo de Presidente dos Conselhos de Administração da Braskem, Odebrecht Óleo e Gás, Odebrecht Realizações Imobiliárias e Odebrecht Ambiental", informou a empresa em nota; ele é acusado pelos crimes de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Odebrecht S.A. informou em nota, nesta quinta-feira (10), que Marcelo Odebrecht deixou o cargo de presidente da empresa. Preso desde o dia 19 de junho deste ano, na 14ª fase da Operação Lava Jato, ele ainda aguarda julgamento de habeas corpus.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), o executivo atuava em um cartel de empreiteiras montado para obter licitações de obras da Petrobras. Ele é acusado pelos crimes de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O grupo formalizou o nome de Newton de Souza, como novo diretor-presidente da empresa, além de comandar o conselho da Braskem, Odebrecht Óleo e Gas, Odebrecht Realizações Ambientais e Odebrecht Ambiental.

Leia a íntegra da nota da Odebrecht:

MARCELO ODEBRECHT FORMALIZA SEU AFASTAMENTO DA ODEBRECHT S.A.

Passados quase 6 meses de prisão e tendo em vista o andamento de seu processo judicial, Marcelo Odebrecht decidiu ontem formalizar seu afastamento da Presidência da Odebrecht S.A., bem como do cargo de Presidente dos Conselhos de Administração da Braskem, Odebrecht Óleo e Gás, Odebrecht Realizações Imobiliárias e Odebrecht Ambiental.

O Conselho de Administração da Odebrecht S.A. formalizou a nomeação de Newton de Souza, que segue como Diretor-Presidente da Odebrecht S.A. e Presidente dos Conselhos de Administração das empresas mencionadas.

A Odebrecht acredita que a injusta e desnecessária prisão preventiva de Marcelo será revogada, o que possibilitará que ele se dedique integralmente à sua família e à sua defesa nas ações penais a que responde. A Odebrecht confia que ao final dos processos judiciais em curso, a inocência de Marcelo Odebrecht será formalmente reconhecida.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email