Marco Aurélio diz que Moro 'não era vocacionado ao cargo de juiz'

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta quinta-feira (13) que o ministro da Justiça, Sérgio Moro, "não era vocacionado ao cargo de juiz". Moro comandou até o fim do ano passado a 13ª Vara Federal de Curitiba, onde são julgados processos da Operação Lava Jato

Marco Aurélio diz que Moro 'não era vocacionado ao cargo de juiz'
Marco Aurélio diz que Moro 'não era vocacionado ao cargo de juiz'
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta quinta-feira (13) que o ministro da Justiça, Sérgio Moro, "não era vocacionado ao cargo de juiz". Moro comandou até o fim do ano passado a 13ª Vara Federal de Curitiba, onde são julgados processos da Operação Lava Jato. A informação é do portal G1. 

Antes da sessão no plenário, Marco Aurélio respondeu a perguntas de jornalistas sobre a divulgação de mensagens atribuídas a Moro e ao procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol. De acordo com as mensagens, divulgadas pelo site Intercept, o então juiz Moro dá orientações e opina sobre como proceder com as investigações, o que é proibido pela Constituição (Moro e Deltan dizem que os diálogos não mostram ilegalidades).

"Antes desse problema todo, né, que a meu ver enxovalhou o perfil dele, eu disse lá atrás que ele [Moro] não era vocacionado ao cargo de juiz", disse Marco Aurélio. "O senhor mantém essa convicção?", perguntou um repórter. E ele respondeu: "Eu mantenho".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247