Marina: ataques na Nova Zelândia disparam o alarme da crise civilizatória

A ex-presidenciável lamentou os ataques simultâneos a duas mesquitas em Christchurch, na Nova Zelândia, que deixaram ao menos 49 mortos; "O momento é de total perplexidade. Assim como em Suzano, a barbárie na Nova Zelândia entristece e estarrece toda a humanidade e dispara mais uma vez o alarme da crise civilizatória"

Marina: ataques na Nova Zelândia disparam o alarme da crise civilizatória
Marina: ataques na Nova Zelândia disparam o alarme da crise civilizatória (Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)

247 - A ex-presidenciável Marina Silva lamentou os ataques simultâneos a duas mesquitas em Christchurch, na Nova Zelândia, que deixaram ao menos 49 mortos.

"O momento é de total perplexidade. Assim como em Suzano, a barbárie na Nova Zelândia entristece e estarrece toda a humanidade e dispara mais uma vez o alarme da crise civilizatória. Peço a Deus que nos dê forças para superar esse momento tão difícil de ódio e banalização do mal", postou a ex-senadora no Twitter.

Durante os ataques, o atirador fez uma transmissão ao vivo nas redes sociais. O vídeo, que dura 17 minutos, mostra o caminho que o atirador fez até a mesquita e os disparos sobre os fiéis, segundo informou o jornal The New York Times.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247