MBL incita pressão popular contra Teori e pede ocupação do STF

Movimento Brasil Livre incita para que haja pressão da sociedade contra o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, por ter retirado das mãos do juiz Sérgio Moro a investigação contra Lula, e pede ocupação em frente à corte; grupo divulga os contatos de Teori no Supremo e chama o ministro de "petralha"

Movimento Brasil Livre incita para que haja pressão da sociedade contra o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, por ter retirado das mãos do juiz Sérgio Moro a investigação contra Lula, e pede ocupação em frente à corte; grupo divulga os contatos de Teori no Supremo e chama o ministro de "petralha"
Movimento Brasil Livre incita para que haja pressão da sociedade contra o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, por ter retirado das mãos do juiz Sérgio Moro a investigação contra Lula, e pede ocupação em frente à corte; grupo divulga os contatos de Teori no Supremo e chama o ministro de "petralha" (Foto: Gisele Federicce)

247 - O Movimento Brasil Livre (MBL) incita para que haja pressão da sociedade contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki e pede ocupação em frente à corte.

O motivo é uma decisão de Teori proferida nesta terça-feira 22, que retirou do juiz Sérgio Moro, da Lava Jato, a responsabilidade por investigar o ex-presidente Lula e pediu a Moro explicações sobre a divulgação dos áudios envolvendo Lula e a presidente da República, Dilma Rousseff.

Na manhã desta quarta, o MBL divulgou os contatos do ministro no Supremo, como telefone e e-mail, e divulgou a hashtag #OcupaSTF. Em outra postagem, o movimento chamou o ministro de "petralha": "Brasileiros e Brasileiras, acabou, o golpe foi dado! #TeoriPetralha manda investigação ao STF, isso ñ vai prosperar! Vamos #OcupaSTF e fim!".

O músico Lobão também divulgou o endereço da casa do filho do ministro em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, onde ocorreu manifestação com faixas em defesa do juiz Sérgio Moro.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247