Mesmo diferente de sua proposta, Moro elogia decreto sobre armas de Bolsonaro

Para Moro, a autorização deveria ser para apenas duas armas de fogo, e não para quatro, como decretou Bolsonaro; o ex-juiz também fazia restrições à renovação automática de registro para quem já é registrado

Mesmo diferente de sua proposta, Moro elogia decreto sobre armas de Bolsonaro
Mesmo diferente de sua proposta, Moro elogia decreto sobre armas de Bolsonaro (Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) em relação a posse de armas de fogo nesta terça-feira (15), mesmo sendo diferente da proposta apresentada pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, foi elogiada pelo ex-juiz. Para ele, mesmo com as diferenças, a proposta é boa.

Para Moro, a autorização deveria ser para apenas duas armas de fogo, e não para quatro, como decretou Bolsonaro. O ex-juiz também fazia restrições à renovação automática de registro para quem já é registrado.

Segundo o blog de Valdo Cruz, no G1, o ministro vê como naturais as mudanças na versão oficial do decreto. Afinal esse é um projeto prometido durante a campanha presidencial e que não era de responsabilidade exclusiva do Ministério da Justiça.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247