Mourão: decreto sobre posse de armas não combate a violência

"Esta questão da flexibilização da posse de armas, eu não vejo como uma medida de combate à violência", disse o presidente em exercício, general Hamilton Mourão; "Eu vejo apenas, única e exclusivamente como o cumprimento de promessa de campanha e que vai ao encontro aos anseios, em grande parte, de parte de eleitorado dele (Jair Bolsonaro)"

Mourão: decreto sobre posse de armas não combate a violência
Mourão: decreto sobre posse de armas não combate a violência (Foto: Marcelo Camargo - ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247