Multa de R$ 22,9 milhões imposta ao PL representa 46% do fundo partidário recebido pelo partido em 2022

Valor corresponde a cerca de 15% do total recebido pelos três partidos da coligação de Jair Bolsonaro

www.brasil247.com - Alexandre de Moraes (à esq.) e Valdemar Costa Neto
Alexandre de Moraes (à esq.) e Valdemar Costa Neto (Foto: ABR)


247 - A multa de R$ 22,9 milhões imposta ao PL pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, corresponde a 46% do total recebido pelo partido nos primeiros dez meses do ano por meio do fundo partidário. “Se consideradas as duas outras legendas da coligação, o PP e o Republicanos, a penalidade significa cerca de 15% do total recebido pelas três siglas nesse período”, destaca o jornal Folha de S. Paulo

A multa foi aplicada na quarta-feira (23), após o PL ingressar com uma ação de cunho golpista e sem provas visando anular os votos de 60% das urnas apenas no segundo turno, o que daria a vitória na eleição presidencial de outubro a Jair Bolsonaro (PL), que perdeu o pleito para  Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por mais de 2 milhões de votos. 

Segundo a reportagem, o PL recebeu R$ 50,3 milhões do fundo partidário de janeiro a outubro.Já o Republicanos recebeu R$ 48 milhões, e o PP, R$ 52,6 milhões. Os três partidos integram a coligação da chapa derrotada. 

A multa acabou rachando a base bolsonarista. O PP e o Republicanos dizem não possuir ligação com o relatório golpista utilizado para questionar o resultado das urnas e afirmam que irão à Justiça para evitar o bloqueio de recursos do fundo partidário. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247