Lula defende impeachment de Bolsonaro

Na CNN International, Lula responsabilizou Bolsonaro pelas mortes de milhares de pessoas no Brasil na pandemia. “São 35 pedidos de impeachment no Congresso. Em algum momento o presidente da Câmara terá que escolher um para votação”, disse o ex-presidente

Lula e Jair Bolsonaro
Lula e Jair Bolsonaro (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu entrevista nesta terça-feira, 2, à rede CNN dos Estados Unidos. Lula atribuiu a Jair Bolsonaro tragédia de saúde pública que o Brasil atravessa e que já matou 30 mil pessoas. 

"[Bolsonaro] cometeu muitos crimes de irresponsabilidade e acho que ele já merece ser punido por isso", afirmou Lula, descrevendo o líder de direita da cidade como o pior da história do Brasil.

Lula defendeu a abertura de processo de impeachment contra Bolsonaro. "Hoje existem 35 pedidos de impeachment no congresso nacional. [Em algum momento] o presidente da Câmara terá que escolher um projeto para votar", afirmou.

Lula lamentou a deterioração econômica e disse que o coronavírus piorou ainda mais as coisas. "O Brasil está passando por uma profunda crise de saúde, uma profunda crise econômica e uma crise de irresponsabilidade por parte do Presidente da República", afirmou.

O ex-presidente também voltou a dizer que não será candidato a presidente nas eleições de 2022. "Ficarei satisfeito em apoiar um candidato", afirmou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email