Niemeyer vê completada sua grande obra popular

Sambdromo da Marqus de Sapuca assume as feies projetadas pelo maior arquiteto do Pas; Oscar e prefeito Eduardo Paes visitam obra recm-inaugurada

Niemeyer vê completada sua grande obra popular
Niemeyer vê completada sua grande obra popular (Foto: WILTON JUNIOR/AGÊNCIA ESTADO)

Agência Brasil - Sob temperatura na marca dos 40 graus Celsius, o arquiteto Oscar Niemeyer visitou hoje (8), no Rio de Janeiro, as obras do Sambódromo. O projeto foi idealizado por ele há quase três décadas e previa o equilíbrio entre os dois lados da Sapucaí, com o efeito semelhante ao de um espelho.

Mesmo com a dificuldade para falar, Niemeyer, que completou em dezembro passado 104 anos, fez questão de registrar sua satisfação. “Fico satisfeito em ver uma obra feita para a festa do povo ser concluída com tanto interesse. Me dá certo prazer”, disse.

O sobrinho dele João Niemeyer, que também é arquiteto, ressaltou o modernismo, a flexibilidade, espontaneidade e capacidade de adaptação da obra às novas condições de uso. Segundo ele, se o projeto não estivesse de acordo com o sonho do tio e “se ele [Niemeyer] não estivesse muito satisfeito, não estaria aqui, ao meio-dia, aos 104 anos”.

A nova Avenida do Samba vai ter 12,5 mil lugares a mais para o público, totalizando 72,5 mil lugares a partir do carnaval deste ano. A previsão é que as obras sejam concluídas no próximo domingo (12), uma semana antes do Desfile das Escolas de Samba de 2012. Segundo o prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes, o prazo será cumprido e o ensaio da Escola de Samba Beija-Flor, vencedora do carnaval de 2011, servirá como teste das novas instalações.

“Fortes emoções. Vamos ver quem vai ligar a torneira para ver se a parte hidráulica está pronta”, brincou Paes. “Isso aqui é igual obra de casa, guardadas as devidas proporções. Domingo é a inauguração e dia de ensaio no Sambódromo. A Beija-Flor que vai estar ensaiando e o Sambódromo vai estar passando pelo seu teste para, na sexta-feira da próxima semana, não ter falha”, acrescentou o prefeito.

De acordo com Paes, Niemeyer ficou “fascinado” com o que foi feito até o momento. “Ele montou este cenário há anos atrás e esse sonho se concretiza agora. Todo mundo que olha o Rio de Janeiro pensa no Cristo Redentor, no Maracanã, no Pão de Açúcar e no Sambódromo. O novo Sambódromo vai permitir um carnaval completamente diferente, um carnaval que não vai ter mais um paredão de um lado [da passarela] inibindo a ação dos carnavalescos”, acrescentou.

O Sambódromo vai também abrigar as provas de tiro com arco e a maratona dos Jogos Olímpicos de 2016. Com a conclusão das obras, o espaço será o primeiro local de provas da competição mundial a ser entregue mais de quatro anos antes do evento esportivo e o segundo equipamento olímpico a ficar pronto. O primeiro foi o Parque dos Atletas, que servirá como espaço de lazer para os competidores.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247