No aniversário do Bolsa Família, Lula diz que brasileiro não quer ração

Numa alfinetada ao programa do prefeito João Doria (PSDB), que prevê a produção de uma "farinata" feita com alimentos perto da data de vencer, ou prontos para o descarte, para ser distribuída para os mais pobres, o ex-presidente Lula postou em sua conta no Twitter nesta sexta-feira 20: "Os brasileiros querem inclusão social e dignidade. Não querem ração. Hoje o Bolsa Família completa 14 anos"; a postagem traz ainda um vídeo sobre o programa social lançado em seu governo, e que tirou 36 milhões de brasileiros da extrema pobreza

Numa alfinetada ao programa do prefeito João Doria (PSDB), que prevê a produção de uma "farinata" feita com alimentos perto da data de vencer, ou prontos para o descarte, para ser distribuída para os mais pobres, o ex-presidente Lula postou em sua conta no Twitter nesta sexta-feira 20: "Os brasileiros querem inclusão social e dignidade. Não querem ração. Hoje o Bolsa Família completa 14 anos"; a postagem traz ainda um vídeo sobre o programa social lançado em seu governo, e que tirou 36 milhões de brasileiros da extrema pobreza
Numa alfinetada ao programa do prefeito João Doria (PSDB), que prevê a produção de uma "farinata" feita com alimentos perto da data de vencer, ou prontos para o descarte, para ser distribuída para os mais pobres, o ex-presidente Lula postou em sua conta no Twitter nesta sexta-feira 20: "Os brasileiros querem inclusão social e dignidade. Não querem ração. Hoje o Bolsa Família completa 14 anos"; a postagem traz ainda um vídeo sobre o programa social lançado em seu governo, e que tirou 36 milhões de brasileiros da extrema pobreza (Foto: Gisele Federicce)

247 – O ex-presidente Lula voltou a alfinetar a ração do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), ao celebrar os 14 anos do Bolsa Família nesta sexta-feira 20.

"Os brasileiros querem inclusão social e dignidade. Não querem ração. Hoje o Bolsa Família completa 14 anos", tuitou o ex-presidente.

A postagem traz ainda um vídeo sobre o programa social lançado em seu governo, que beneficiou 50 milhões de brasileiros e tirou 36 milhões da extrema pobreza, conforme destaca o vídeo.

Não é a primeira vez que Lula critica a "farinata" de Doria. Em discurso feito em Ferraz de Vasconcelos (SP) no início da semana, ele declarou que o tal granulado não deveria ser dado "nem para cachorro".

"Sinceramente, eu já vi muita coisa nesse país, mas um representante da elite pegar resto de comida e mandar fazer uma ração que não se dá nem pra cachorro, e acha que o pobre tem que comer aquilo, é não respeitar as pessoas mais humildes desse país", afirmou.

O produto do tucano, anunciado no programa Alimento para Todos, será produzido com alimentos perto da data de vencer, ou prontos para o descarte, e distribuído aos mais pobres.

Doria chegou a anunciar que distribuiria na merenda escolar, se possível para crianças também de fora de São Paulo. Mas diante da repercussão negativa, recuou da ideia.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247