Noblat: ao fatiar projeto anticrime, Moro perdeu para o sistema

"Perdeu, Moro! Bolsonaro mandou que fatiasse o projeto contra o crime e a corrupção de modo a facilitar a rejeição pelo Congresso da proposta de tornar Caixa 2 infração mais grave do que é hoje. Nova Política é isso aí, Moro, acostume-se. O sistema é foda, parceiro", afirmou o jornalista no Twitter

Noblat: ao fatiar projeto anticrime, Moro perdeu para o sistema
Noblat: ao fatiar projeto anticrime, Moro perdeu para o sistema (Foto: Dir.: em cima (Valter Campanato - ABR) / embaixo (Wilson Dias - ABR))

247 - O jornalista Ricardo Noblat criticou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que apresentará de forma separada a tipificação do crime de caixa 2, previsto no projeto original do seu "pacote anticrime".

"Perdeu, Moro! Bolsonaro mandou que fatiasse o projeto contra o crime e a corrupção de modo a facilitar a rejeição pelo Congresso da proposta de tornar Caixa 2 infração mais grave do que é hoje. Nova Política é isso aí, Moro, acostume-se. O sistema é foda, parceiro", escreveu o colunista do jornal O Globo no Twitter.

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, admitiu em 2017 ter recebido caixa 2 da JBS. Há relato e planilhas sobre pagamentos de R$ 100 mil, em 2012, e R$ 200 mil, em 2014, quando ele concorria a deputado federal. Ele pediu desculpas. 

Questionado em novembro do ano passado se faria algo em relação a Onyx, Moro isentou o titular da pasta de punição. "Ele já admitiu e pediu desculpas".

A declaração veio de encontro o que o próprio ministro disse em palestra realizada na Universidade de Harvard (EUA). "Temos que falar a verdade, a Caixa 2 nas eleições é trapaça, é um crime contra a democracia. Corrupção em financiamento de campanha é pior que desvio de recursos para o enriquecimento ilícito".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247